Clique e assine por apenas 6,90/mês

São Paulo tem mais de 6 000 mortes e 80 000 infectados por coronavírus

Governo do Estado prevê possibilidade de pandemia continuar até outubro

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 23 May 2020, 14h21 - Publicado em 23 May 2020, 14h18

O Estado de São Paulo atingiu neste sábado (23) a marca de 6 045 mortes provocadas pelo novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, foram registrados 272 óbitos. Segundo dados da Secretaria de Saúde, são 80 558 pessoas infectadas. Os índices de contaminação crescentes fazem o governo estadual prever que a pandemia possa durar até outubro, caso os números não diminuam.

O cenário atual é bem diferente (e muito mais preocupante) do que sinalizado no fim de abril, quando o governador João Doria chegou a falar em flexibilização da quarentena. Agora, o protocolo de lockdown, que está pronto, é mais provável de ser executado do que um caso de afrouxamento das regras. Atualmente, a taxa de ocupação de UTIs na Grande São Paulo está em 91,4%.

Na sexta (22), o tucano sancionou o Projeto de Lei que antecipa o feriado da Revolução Constitucionalista de 1932, em 9 de julho, para a próxima segunda-feira (25).

Assine Vejinha a partir de 6,90 reais mensais.

Publicidade