Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Retrospectiva exibe todos os longas dos irmãos Coen

Com uma programação de quinze filmes em 35mm, mostra no CineSesc revê uma trajetória de muitos acertos

Por Redação VEJINHA.COM Atualizado em 5 dez 2016, 16h59 - Publicado em 8 ago 2012, 20h08

Do thriller “Gosto de Sangue” (1984) ao faroeste “Bravura Indômita” (2010), os irmãos Joel e Ethan Coen traçaram uma trajetória incomum no cinema norte-americano: admirada tanto pela crítica quanto pela indústria, a dupla transitou por vários gêneros sem abandonar um estilo marcante. Essa filmografia sortida, e de muitos acertos, poderá ser revista a partir desta sexta (10) na mostra “Irmãos Coen – Duas Mentes Brilhantes”, no CineSesc.

O ciclo, com curadoria e coordenação geral de Fernanda Teixeira, exibirá todos os quinze longas-metragens dos realizadores no formato original, em 35mm. A programação ainda inclui um curso ministrado pela jornalista e crítica Neusa Barbosa.

+ Os melhores filmes em cartaz; salas e horários

+ Leia entrevista com Isa Ferraz, diretora do documentário “Marighella”

Nas últimas três décadas, os Coen se tornaram uma referência incontornável tanto para diretores independentes quanto para a Hollywood dos anos 90 e 2000. As primeiras obras, como a comédia “Arizona Nunca Mais” (1987) e o noir “Ajuste Final” (1990), ganharam status cult e ressaltaram a versatilidade do duo. O delirante “Barton Fink”, de 1991, venceu a Palma de Ouro em Cannes.

+ Festival de Cinema Judaico exibe 45 produções

O universo Coen se desenvolveu por completo em fitas como “Fargo” (de 1996, indicada ao Oscar) e “O Homem que Não Estava Lá” (2001), que transportaram o público a uma atmosfera de humor negro e mal-entendidos, onde personagens comuns se descobrem à mercê do acaso, impotentes diante de situações extraordinárias.

A fase mais recente é também a de maior prestígio – ao menos entre os grandes estúdios. A adaptação literária “Onde os Fracos Não Têm Vez” (2007), inspirado em romance Cormac McCarthy, venceu o Oscar de melhor filme. O próximo projeto é o drama “Inside Llewyn Davis”, com o cantor e ator Justin Timberlake.

A mostra segue até o dia 23 de agosto, com sessões às 19h. Confira a programação completa.

Continua após a publicidade
Publicidade