Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Raul Gazolla conta que amigo planejou matar Guilherme de Pádua

Objetivo era vingar o assassinato de Daniella Perez

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 10 jan 2021, 16h59 - Publicado em 10 jan 2021, 14h37

Após 30 anos da morte da então esposa, Daniella Perez, que foi assassinada pelo ator Guilherme de Pádua e a mulher dele Paula Thomaz, o ator Raul Gazolla revelou o plano de um amigo para vingar a morte da atriz, que é filha da autora de novelas Gloria Perez.

Em entrevista ao Canal Rap77, Gazolla afirmou para o apresentador Junior Coimbra, filho de Zico, que na época tinha um amigo contraventor que o chamou na sua casa para informar que iria descontar a morte de Daniella. “Estou mandando descer todo mundo que eu conheço e a gente vai explodir a 16ª [DP] e vai matar o cara [Guilherme de Pádua”] porque ninguém faz isso com mulher de amigo nosso”, contou Gazolla.

O ator afirma que precisou de cerca de duas horas para convencer o amigo de não matar Pádua e explicou o motivo de não aceitar o plano. “Foi porque sou gente boa? Não, mas porque sabia que a história estava mal contada, o rapaz precisava viver para ele contar a verdade. Depois de duas horas ele deixou correr. Além disso, quando você explode a 16ª para matar alguém, você vai matar inocentes. Eu não posso dormir com esse barulho nessa cabeça”, completou.

Daniella Perez
Daniella Perez Acervo/Divulgação

Na época do assassianto, a filha de Glória Perez contracenava na novela De Corpo e Alma com Guilherme de Pádua. Ele foi condenado há 19 anos e deixou a prisão em 1999, cumprindo sete anos da pena. Casado pela terceira vez, passou a frequentar a Igreja Batista e trabalha como obreiro, visita presídios a fim de evangelizar os detentos. 

“A única coisa que me incomoda – muito, na verdade – é o seguinte: todas as vezes que ele veio a público sempre se manteve de nariz em pé e diz: ‘aconteceu o que tinha que acontecer’. Nunca falou assim: ‘que merda que eu fiz…’. Nem ele e nem a mulher. Eu rezo todos os dias para que a gente não se encontre”, afirmou Gazolla.

Guilherme de Pádua Thomaz
Guilherme de Pádua Thomaz Reprodução/Instagram/Reprodução
  • Continua após a publicidade
    Publicidade