Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Prefeitura começa a pagar renda emergencial na quinta (25)

Parcelas devem beneficiar mais de 1 milhão de paulistanos

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 24 mar 2021, 20h43 - Publicado em 24 mar 2021, 20h42

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) divulgou nesta quarta-feira (24) que a prefeitura começa a pagar a renda básica emergencial na quinta (25). O benefício será disponibilizado por três meses e foi aprovado na Câmara Municipal e sancionado pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) em fevereiro.

As parcelas vão de 100 a 200 reais por mês e serão pagas neste mês, em abril e maio: de acordo com a SMADS, serão 1,2 milhão de paulistanos beneficiados, com investimento de 398 milhões de reais. Os valores serão destinados para os inscritos no Bolsa Família, trabalhadores ambulantes regularizados e pessoas com deficiência.

De acordo com a prefeitura, não é necessário que os beneficiados se dirijam para os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) para realizar o cadastro ou abrir conta, já que a base de dados é a mesma de outros programas sociais. Em caso de dúvidas, o canal 156 está disponível por telefone.

As datas de pagamento variam conforme o número final do Número de Identificação Social (NIS) do cidadão. Em março, o calendário será o seguinte:

Final do NIS                        Data do crédito

Continua após a publicidade

1 e 2                                      25/03

3 e 4                                      26/03

5 e 6                                      29/03

7 e 8                                      30/03

9 e 0                                      31/03

 

Continua após a publicidade
Publicidade