Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Na UTI do Albert Einstein, prefeito de Goiânia terá posse virtual

Maguito Vilela (MDB) está internado no hospital paulistano há dois meses devido complicações do Covid-19

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 30 dez 2020, 12h19 - Publicado em 29 dez 2020, 19h07

O tratamento de complicações decorrentes da Covid-19, na UTI do hospital Albert Einstein, em São Paulo, não será um obstáculo para a posse de Maguito Vilela (MDB), de 71 anos, como prefeito da cidade de Goiânia, capital de Goiás, na sexta (1º). Um projeto da Câmara Municipal de Goiânia, aprovado nesta terça (29), autorizou a posse virtual de eleitos que apresentarem atestado médico.

Vilela, que já foi governador do estado de Goiás, está internado há dois meses no hospital Albert Einstein, em São Paulo, para tratar complicações decorrentes da Covid-19. O político chegou à São Paulo com o comprometimento de 75% dos pulmões. Duas de suas irmãs, infectadas com Covid-19, vieram à óbito.

Devido o contágio por Covid-19, Vilela se afastou da campanha ainda no primeiro turno. Em 29 de novembro, depois da realização do segundo turno, ele foi avisado pela equipe médica que havia ganhado as eleições com 52,6% dos votos válidos.

  • Publicidade