Continua após publicidade

Estudante de veterinária é flagrado mantendo animais silvestres sem autorização

Caso ocorreu na Zona Norte da capital paulista. Investigação afirma que espécimes possivelmente seriam comercializados

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 Maio 2024, 17h33 - Publicado em 17 set 2020, 19h37

Um estudante de medicina veterinária foi flagrado mantendo animais silvestres sem autorização de órgãos ambientais. O caso ocorreu na capital paulista na quarta-feira (16), na Zona Norte, bairro da Freguesia do Ó. Segundo a investigação, os animais possivelmente seriam comercializados.

Policias civis foram até a residência, que fica na Rua Alice Garcia Vega, após receberem uma denúncia. No local foram localizados oito bichos, sendo quatro cobras: três da espécie corn snake e uma falsa cobra coral. O homem também mantinha quatro lagartos, das espécies pogonas vitticeps e geckos leopardo. Eles eram criados em cativeiro.

Os espécimes foram levados para o Centro de Manejo e Conservação de Animais Silvestres, que fica no bairro Anhanguera. O estudante foi autuado por manter exemplares da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.