Clique e assine por apenas 6,90/mês

Plantas flexíveis são tendência no mercado imobiliário

Entre as vantagens está a possibilidade de remanejar as paredes do imóvel para adequá-lo às necessidades do morador

Por Abril Branded Content - Atualizado em 3 abr 2018, 14h37 - Publicado em 3 abr 2018, 10h00

Que tal morar em um apartamento no qual as paredes podem ser alteradas conforme o gosto e o uso do proprietário? Nos últimos anos, o mercado imobiliário mundial precisou se adequar à demanda crescente de compradores por moradias como esta: inteligente e com plantas flexíveis. Isso significa que, independentemente do tamanho, o imóvel se adapta às diferentes composições familiares.

Outra facilidade para os moradores é quando o empreendimento já traz diversas opções de plantas, atendendo pessoas de todos os perfis, em diferentes fases da vida. O Upside Pinheiros, novo lançamento da Gafisa na zona oeste de São Paulo, é um exemplo de edifício que incorpora essas tendências.

“Ele foi projetado para atender à necessidade específica de cada família, não só no momento da compra, mas durante toda a sua vida”, diz Rogério Conde, do MCAA Arquitetos, escritório responsável pela construção do empreendimento.

Para que as plantas agradassem diferentes perfis de moradores, o escritório de arquitetura do Upside Pinheiros trabalhou com vãos maiores e livres. “Optamos por espaços que podem ser mais bem aproveitados, permitindo, assim, maior personalização e valorização do imóvel”, destaca Conde. As unidades do empreendimento têm 104 e 162 metros quadrados.

De acordo com o escritório de arquitetura, a localização do edifício ajudou para dispor de mais opções de planta aos moradores. O Upside Pinheiros une a sofisticação dos Jardins à boemia de Pinheiros e da Vila Madalena e possui em seus arredores opções variadas de restaurantes e serviços. “Ele oferece uma contribuição à rua e ao bairro, entregando uma calçada mais generosa e arborizada e uma arquitetura refinada e marcante”, conclui.

Continua após a publicidade
Publicidade