Clique e assine por apenas 6,90/mês

Ruas da Lapa homenageiam obras do poeta Paulo Bomfim

Cantiga do Desencontro e Calendário são algumas das placas poéticas

Por - 2 jun 2017, 19h01

Seis pequenas ruas paralelas localizadas no bairro da Lapa de Baixo, na Zona Oeste, homenageiam o poeta paulistano Paulo Bomfim. O conjunto de vias faz referência a livros do escritor preferido do ex-prefeito Olavo Setubal, que as batizou em 1977. Todas partem da Rua William Speers, às margens da linha do trem, e terminam na Rua Manequinho.

Na década de 60, quando eram conhecidas apenas pelos nomes de “Passagem”, numeradas de 1 a 6, as casinhas geminadas já faziam parte de sua paisagem. Por ali, a velocidade máxima dos veículos não ultrapassa 20 quilômetros por hora. Confira os nomes:

> Cantiga do Desencontro
> Tempo Reverso
> Relógio do Sol
> Sinfonia Branca
> Calendário
> Ramo de Rumos

Publicidade