Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Paciente com Covid foge de hospital e invade mercado no interior de SP

O motivo da fuga, segundo a polícia, seria o medo de ser intubado para tratamento da doença

Por Redação VEJA São Paulo 26 mar 2021, 17h04

Um homem de 46 anos, diagnosticado com Covid-19, fugiu do Hospital Unimed São Domingos (HUSD), onde estava internado, e invadiu um supermercado no bairro Parque Jardim, em Catanduva, interior de São Paulo, na tarde de ontem (25).

O motivo da fuga, segundo a polícia, seria o medo de ser intubado para tratamento da doença. A informação foi confirmada pelo delegado do 1º Distrito Policial, Amauri Cesár Pelarin. “Não conseguimos descobrir como um paciente prestes a ser intubado conseguiu deixar o hospital e entrar no supermercado. Mas sabemos que ele estava bastante assustado com o procedimento”, afirmou ao G1 o delegado.

O supermercado ficava em frente ao hospital. Em nota, o local informou ter fechado as portas após o incidente e só reabriu depois de higienização. “Imediatamente, a unidade foi fechada para higienização total e reabriu após o procedimento. A rede informa ainda que desde o início da pandemia adota um rígido protocolo de prevenção contra a Covid-19 para garantir a máxima proteção dos seus colaboradores e clientes”.

O delegado também desmentiu boatos de que o paciente teria cuspido nas prateleiras do mercado para contaminar os produtos. “Isso não procede. O homem não foi agressivo. Foi mais desespero por saber que precisaria ser intubado”, afirmou.

Ainda de acordo com Amauri, o homem foi contido pela Polícia Militar e levado em ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de volta para o hospital. “Nós registramos boletim de ocorrência, mas como não criminal. O homem não foi agressivo. Foi mais desespero por saber que precisaria ser intubado”, afirma.

  • +Assine a Vejinha a partir de 6,90 

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade