Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Onze idosos por dia caem em golpes na capital paulista, diz levantamento

De janeiro a julho, foram registrados 16 129 casos de estelionato; em 2 296 desses episódios, as vítimas tinham mais de 60 anos

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 3 out 2021, 11h13 - Publicado em 3 out 2021, 11h12

Onze idosos caem em golpes na capital paulista todos os dias, de acordo com um levantamento obtido pela Lei de Acesso à Informação (LAI). Grande parte desses golpes é praticada na internet. As informações são do portal G1.

De janeiro a julho, foram registrados 16 129 casos de estelionato. Desses, 63,7% foram aplicados através das redes sociais e aplicativos de relacionamento. Em 2 296 casos as vítimas tinham mais de 60 anos.

Esses números podem ser ainda maiores, porque nem todos os casos são registrados em boletins de ocorrência.

Grande parte das pessoas com mais de 60 anos cresceu consumindo conteúdo de forma analógica, no papel com jornais e revistas. A garantia que as informações eram checadas e verdadeiras era maior.

Agora as notícias e anúncios chegam o tempo todo pela internet, a um clique, e é preciso desconfiar de tudo, de acordo com Patricia Blanco, presidente executiva do Instituto Palavra Aberta.

Continua após a publicidade

Há quase dois anos, o Instituto Palavra Aberta, que não tem fins lucrativos, oferece oficinas e materiais gratuitos para os idosos, considerados os mais vulneráveis aos golpes. Esta semana, um novo programa foi criado para deixar os idosos mais atentos às fake news.

Continua após a publicidade

Publicidade