Clique e assine por apenas 6,90/mês

Você já reparou no obelisco do Largo da Batata?

O monumento foi criado pelo escultor paulistano Luiz Morrone em 1971

Por Mauricio Xavier [Com reportagem de Andreza Monteiro] - Atualizado em 1 jun 2017, 16h05 - Publicado em 2 jul 2016, 00h00

Quem circula nas imediações da Estação Faria Lima do metrô pode não notar uma estrutura de 7,5 metros de altura em meio a postes de iluminação, placas de trânsito e demais mobiliários urbanos do Largo da Batata.

+ Empresa sobrevivente produz peças de neon há sessenta anos

Criado em 1971 pelo escultor paulistano Luiz Morrone (1906-1998), também autor do brasão de armas do estado, o Monumento à Aldeia de Nossa Senhora dos Pinheiros é uma coluna de blocos de granito com um relevo de bronze no topo.

Monumento Obelisco Largo da Batata
Monumento Obelisco Largo da Batata

Nesse detalhe, estão gravadas figuras de índios, jesuítas e bandeirantes, personagens ligados ao povoado surgido em 1560 que se tornaria o bairro de Pinheiros. A obra deixou o local entre 2005 e 2011, durante as obras do metrô, e, nesse período, ganhou uma limpeza antes de voltar ao seu lugar de origem.

Continua após a publicidade
Publicidade