Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Morte de youtuber de 15 anos causa comoção nas redes

Gustavo Infanger Vicentin estudava em unidade do Sesi de Vinhedo e passou mal em aula de Educação Física

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 27 mar 2018, 10h57 - Publicado em 27 mar 2018, 10h51

O estudante Gustavo Infanger Vicentin, de 15 anos, morreu nesta segunda-feira (26) após passar mal durante uma aula de Educação Física no Sesi de Vinhedo, localizado no interior de São Paulo. O jovem era o youtuber conhecido como Crowley e tinha um canal sobre o jogo Minecraft. A notícia de sua morte repercutiu nas redes sociais.

Segundo a assessoria de imprensa do Sesi, a aula ocorreu por volta das 8 horas da manhã. Gustavo teve um mal súbito, foi socorrido pelo professor, depois pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e foi levado à Santa Casa de Vinhedo, mas não resistiu.

Gustavo era aluno do 1° ano do ensino médio da unidade localizada na Avenida Ana Lombardi Gasparini e, segundo o Sesi, ele não tinha impedimentos para exercícios físicos.

  • Os alunos do ensino médio foram liberados das aulas na manhã desta segunda para acompanhar o sepultamento do adolescente, que ocorreu às 9 horas, no Velório Municipal de Vinhedo.

    A notícia de sua morte causou comoção nas redes sociais. Youtubers como Whindersson Nunes e Felipe Neto se manifestaram sobre o caso no Twitter. “Muito triste o que aconteceu, o Youtube perdeu um criador hoje”, escreveu Neto.

    O youtuber de games Lugin iniciou uma campanha na rede para que o canal de Gustavo alcance a marca de 100 000 inscritos, como uma forma de homenagem (na manhã desta terça, o seu canal chegou a 161 543 seguidores).

     

     

    Confira a repercussão do caso abaixo:

     

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade