Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Morador da zona leste gasta R$ 250 em serviços e ganha R$ 2 milhões

Ele foi o vencedor do programa Nota do Milhão da Prefeitura de São Paulo; mais de 2 milhões de bilhetes concorriam ao prêmio

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 7 dez 2021, 17h51 - Publicado em 7 dez 2021, 17h47

Um morador do bairro de Vila Laís, na região da Penha, Zona Leste de São Paulo, é o novo milionário da capital. Ele faturou R$ 2 milhões como o vencedor deste mês do programa Nota do Milhão, da Prefeitura de São Paulo.

O programa existe desde 2017 e incentiva os consumidores a pedirem a nota fiscal nos estabelecimentos de serviços tais como academias, hotéis, lavanderias, estacionamentos, valets, faculdades, escolas particulares e cabeleireiros.

+ A rua mais cara de São Paulo tem apartamentos de até R$ 30 milhões

A medida é a forma encontrada pela administração municipal para evitar sonegação e, com isso, elevar a arrecadação de impostos.

Ao exigir a nota fiscal, é gerado um bilhete para concorrer ao sorteio. Foi um desses bilhetes, sorteado em meio a 2.218.663 que concorriam ao prêmio neste mês de dezembro, que deu a bolada ao morador da Zona Leste.

Segundo a prefeitura, o sortudo gastou apenas R$ 250 para pagar serviços de construção civil e elétrica no Jardim Peri, no distrito de Vila Nova Cachoeirinha, extremo da zona norte da capital.

Continua após a publicidade

O sorteio ocorreu nesta segunda-feira (6), no Espaço da Sorte Loterias Caixa, na Avenida Paulista.

Este foi o 57º sorteio da Nota do Milhão. Todo mês é sorteado o prêmio de R$ 1 milhão, valor que dobra em dezembro. Desde a criação do programa, foram distribuídos R$ 62 milhões nos sorteios já realizados.

Não é preciso morar na cidade de São Paulo para concorrer. Basta fazer o cadastro disponível no site http://www.notadomilhao.prefeitura.sp.gov.br/

O bilhete é gerado automaticamente, assim que o cliente pede a nota fiscal de um fornecedor de serviços.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

Continua após a publicidade

Publicidade