Continua após publicidade

Duas metralhadoras roubadas do Exército são recuperadas no Rio

Armas foram recuperadas na madrugada desta quarta (1º)

Por Agência Brasil
Atualizado em 22 Maio 2024, 15h11 - Publicado em 1 nov 2023, 11h15

O Exército e a Polícia Civil do Rio recuperaram, na madrugada desta quarta-feira (1º), mais duas armas que haviam sido furtadas do Arsenal de Guerra de São Paulo, em 10 de outubro. Segundo o Comando Militar do Sudeste (CMSE), as duas metralhadoras .50 foram encontradas no Rio de Janeiro.

Na ação de hoje, também foi apreendido um fuzil 7,62, cuja origem ainda está sendo investigada. Com isso, já foram recuperadas 19 das 21 metralhadoras que foram furtadas do Arsenal de Guerra.

Em nota, o CMSE afirmou que “o Exército considera o episódio inaceitável e seguirá realizando todos os esforços necessários para a recuperação de todo o armamento no mais curto prazo e a responsabilização de todos os autores”.

Continua após a publicidade

O Exército e a Polícia Militar seguem, nesta manhã, cumprindo mandados de buscas e apreensão em Guarulhos, na Grande São Paulo. Após a recuperação das duas armas no Rio de Janeiro, mais duas metralhadoras continuam desaparecidas.

A operação, que teve início nessa terça-feira (31), foi autorizada pela Justiça Militar da União no curso do Inquérito Policial Militar que investiga o roubo.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.