Continua após publicidade

Maquinista da CPTM que atirou contra colegas é encontrado morto em estrada

Ricardo de Oliveira Dias estava foragido após disparar contra dois colegas de trabalho na Estação Luz

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 29 jun 2023, 20h52 - Publicado em 29 jun 2023, 20h09

O corpo de Ricardo de Oliveira Dias, maquinista da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) que atirou contra dois colegas de trabalho no domingo (25), foi encontrado na Rodovia Anhanguera na altura do município de São Simão, próximo a Ribeirão Preto, na tarde desta quinta-feira (29).

Segundo nota da Secretaria de Segurança Pública, foram encontradas no local uma pistola e a motocicleta utilizada na fuga.

Um boletim de ocorrência está sendo elaborado pela Delegacia de São Simão, que conduzirá uma investigação sobre as circunstâncias da morte.

No domingo (25), o funcionário da CPTM atirou em dois colegas na Estação Luz, Centro. Um deles morreu e o outro ficou ferido. Após efetuar os disparos, Ricardo fugiu. Ele estava foragido.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.