Continua após publicidade

Mansão de Clodovil, em Ubatuba, pode ser demolida

Arrematado em leilão, imóvel com vista para o mar nunca foi usado e se encontra em deterioração; compradora contesta direitos

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 30 nov 2023, 11h13 - Publicado em 30 nov 2023, 11h00

A mansão que pertenceu a Clodovil Hernandes, em Ubatuba, litoral norte de São Paulo, pode ser demolida. Seis anos após leilão, o imóvel nunca foi usado e se encontra em deterioração.

Na época da morte do estilista e apresentador, a Justiça permitiu que a residência fosse a leilão para pagar as dívidas deixadas por ele.

Avaliada em R$ 1,6 milhão, a mansão com vista para o mar foi arrematada por Thalita Daiane de Melo pelo valor de 750 000 reais. Mas ela tentou anular o leilão justificando que ‘comprou gato por lebre’ ao arrematar apenas o direito de uso da área, e não a propriedade do imóvel em si. As informações são do g1.

Continua após a publicidade

O pedido de anulação foi negado e a Justiça determinou que o direito para uso do imóvel fosse transmitido para Thalita.

Em 2021, o Ministério Público pediu a demolição total do imóvel. Ainda não há decisão. A Vejinha entrou em contato com o MP-SP para entender o motivo do pedido e aguarda retorno.

De acordo com a advogada Maria Hebe Queiroz, que representa o espólio de Clodovil, a demolição da casa foi contestada. “É muito caro para demolir. A não ser que o poder público queira assumir as despesas”, disse ao g1.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:

 

 

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.