Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Manifestantes fecham avenidas de São Paulo e pedem auxílio emergencial

Pneus foram queimados na avenida João Dias e na Marginal Tiête; no asfalto, frases como "Vacina já" e "Fora Bolsodoria" foram escritas

Por Redação VEJA São Paulo 23 mar 2021, 10h42

Manifestantes fecharam as avenidas João Dias, próximo ao Terminal homônimo, e a Marginal Tietê, colocando fogo em pneus na manhã desta terça-feira (23).

As ações são lideradas pelos grupos Frente Povo Sem Medo, Entregadores Antifascistas e por motoristas de aplicativos. A principal revindicação foi por um auxílio emergencial de R$ 600. Eles também se posicionam contra o aumento de combustível e a favor dos trabalhadores autônomos que atuam em aplicativos.

Os manifestantes também pediram a adoção de lockdown imediato por 15 dias no país e vacina para toda a população. No asfalto, foram escritos frases como “Fora Bolsodoria“, em referência ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), Fora Doria e “Vacina já”.

As ações aconteceram por volta das 7h e as vias foram liberadas às 8h após as chamas serem apagadas.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

Continua após a publicidade

Publicidade