Clique e assine por apenas 6,90/mês

Ladrões fazem sete funcionários da CPTM reféns em São Paulo

Dois homens foram presos e um terceiro foi baleado pela Polícia Militar

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 21 Dec 2019, 16h40 - Publicado em 21 Dec 2019, 16h38

Sete funcionários da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) foram mantidos reféns durante uma tentativa de assalto na estação USP Leste, da linha 12-Safira, na madrugada deste sábado (21). Os ladrões, que estavam fortemente armados, tentaram abrir o cofre da estação, mas a Polícia Militar chegou e frustou a ação. Nada foi levado.

Os policiais precisaram negociar a rendição do bando. Um quarto suspeito de participar da tentativa de assalto conseguiu fugir. A PM realiza buscas para tentar localizar e prender o fugitivo.

Em nota, a CPTM afirma que está prestando atendimento aos sete funcionários da companhia e terceirizados que prestam serviço na estação em setores como o de limpeza.

Veja SP/Veja SP
Publicidade