Jair Bolsonaro se elege presidente do Brasil

Com 55,54% dos votos, o ex-capitão do Exército vence as eleições presidenciais, em uma das disputas mais polarizadas de todos os tempos

Com 55,54% dos votos, o candidato Jair Messias Bolsonaro (PSL) foi eleito o novo presidente do Brasil. Ele acompanhou o resultado das eleições em sua residência, na Barra da Tijuca, bairro do Rio de Janeiro, onde permanece praticamente recluso desde o atentado em setembro, em Juíz de Fora (MG).

Fernando Haddad (PT) ficou com cerca de 44% dos votos.

Milhares de pessoas comemoraram a vitória em frente ao condomínio onde ele vive, na Barra da Tijuca (RJ). Em São Paulo, a celebração ocorreu na Avenida Paulista.

O político conquistou a maior parte do eleitorado com o slogan “Brasil acima de tudo e Deus acima de todos”, um discurso que exalta o patriotismo, o liberalismo econômico pregado pelo economista Paulo Guedes – apontado por ele como seu “posto Ipiranga” para assuntos financeiros e futuro Ministro da Fazenda –  além  da “demonização” da esquerda.

Após 27 anos na Câmara dos Deputados como quase um personagem folclórico, o político acabou caindo nas graças de brasileiros prejudicados pela crise econômica e, em janeiro, será a 38ª pessoa a ocupar o cargo de presidente da República.

Bolsonaro desperta os sentimentos mais contraditórios. Seus eleitores o veem como uma espécie de “salvador da pátria”. Ele recebeu o apelido de “mito”. Seus críticos, porém, o encaram como um populista de direita, um perigo para o Brasil e a nossa democracia, que possui pouco mais de trinta anos.

Em quase três décadas de vida pública, Bolsonaro declarou-se homofóbico, além de misógino ao tentar barrar na Câmara alguns direitos das mulheres. Por exemplo, apoiou uma lei parar tirar o direito das vítimas de violência sexual de receber atendimento emergencial. O então deputado também quis implantar uma regra que proíbe a investigação de homicídios cometidos por policiais.

Em seus mandatos parlamentares, destacou-se também na luta contra a erotização infantil nas escolas e por um maior rigor disciplinar nesses estabelecimentos, pela redução da maioridade penal, pelo armamento do “cidadão de bem” e direito à legítima defesa, pela segurança jurídica na atuação policial e pelos valores cristãos. Foi idealizador do voto impresso, que certamente contribuirá para a realização de eleições mais confiáveis e passíveis de auditagem.

Nascido em Campinas, Jair Bolsonaro é um militar da reserva e deputado federal. Está em seu sétimo mandato na Câmara dos Deputados, eleito pelo Partido Progressista. Foi o deputado mais votado do Estado do Rio de Janeiro nas eleições gerais de 2014, com 464.565 votos. Nesta sessão legislativa, Bolsonaro é titular da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional e suplente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, além de ter sido membro da Comissão de Direitos Humanos e Minorias.

É pai de Carlos Bolsonaro, vereador no município do Rio de Janeiro, Flávio Bolsonaro, deputado estadual fluminense, e de Eduardo Bolsonaro, deputado federal por São Paulo eleito pelo PSC, agremiação partidária à qual todos se encontram filiados atualmente.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s