Continua após publicidade

Polícia Civil identifica e intima homem que agrediu irmã de Zanin

A investigação aponta que a agressão não teve motivação política

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
18 out 2023, 09h30

A Polícia Civil de São Paulo já identificou e intimou o homem que desferiu chutes contra a advogada Caroline Zanin, 43, irmã do ministro Cristiano Zanin, do Supremo Tribunal Federal (STF), na tarde da segunda-feira (16), em Perdizes, Zona Oeste.

+Alesp aprova anistia de multas por normas sanitárias da pandemia

A investigação aponta que os dois não se conheciam e o caso não teve motivação política, informou o g1.

Ela voltava de um passeio com seus cães e entrava no prédio onde mora quando um homem passou a desferir chutes contra ela e os animais.

Continua após a publicidade

As imagens de segurança mostram que, após o ataque, o sujeito vai embora caminhando.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o caso foi registrado como lesão corporal e prática de abuso a animais pelo 23º Distrito Policial (Perdizes). A vítima foi orientada quanto ao prazo para representação criminal.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.