Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Haddad aprova criação do Parque Municipal Augusta

Segundo publicação no Diário Oficial da Cidade, parque terá como referências "atividades relacionadas à prática de atividade física, educação ambiental e preservação da memória paulistana"

Por Redação VEJASAOPAULO.COM Atualizado em 1 jun 2017, 17h27 - Publicado em 24 dez 2013, 12h41

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), aprovou a criação do Parque Municipal Augusta no terreno de 24 752 metros quadrados localizado entre as ruas Augusta, Caio Prado e Marquês de Paranaguá, na região central da cidade. A decisão foi publicada no Diário Oficial desta terça (24).

De acordo com o texto, “o referido parque terá como referência atividades relacionadas à prática de atividade física, educação ambiental e preservação da memória paulistana”. Ainda segundo a publicação, “as despesas decorrentes da execução desta lei correrão por conta das dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário”.

 

Sede do Colégio Des Oiseaux até o fim dos anos 60, o espaço não tem destinação comercial desde 1984, e é usado como parque pelos moradores, que sempre foram contrários a projetos de edifícios ali. Esse cabo de guerra alcançou um de seus pontos altos quando, ao mesmo tempo em que um empreendimento imobiliário começou a fincar sua bandeira no local, a Câmara Municipal aprovou em segunda votação o desejo da vizinhança: uma lei que prevê transformar o lugar, em caráter oficial, no Parque Augusta.

Em 2008, a área havia sido declarada como de utilidade pública pelo então prefeito Gilberto Kassab (PSD). Em agosto deste ano, o decreto venceu e o governo municipal não concluiu o processo de desapropriação da área.

protesto parque augusta
protesto parque augusta

O endereço, que desde 1996 pertencia ao banqueiro Armando Conde, ex-dono do banco BCN, foi vendido em novembro à construtora Cyrela e à incorporadora Setin, que pretendiam erguer um complexo de duas ou três torres de trinta andares cada uma, para destinação residencial e comercial (a definição depende de uma análise da prefeitura sobre as regras na região).

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês