Clique e assine por apenas 6,90/mês

Governo vê queda aguda no número de casos de Covid-19 na capital

Apesar da queda expressiva, número de mortes pela doença ainda preocupa; já são 13 003 óbitos entre confirmados e suspeitos

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 7 jul 2020, 16h14 - Publicado em 7 jul 2020, 14h42

O secretário de desenvolvimento regional do estado de São Paulo, Marco Vinholi, disse em coletiva que a capital apresentou queda aguda no número de casos confirmados do novo coronavírus. 

“O que vimos no início colocava casos e óbitos majoritariamente na capital. No último período houve inversão dessa lógica com a interiorização da pandemia, quase 60% dos casos foram registrados ontem [segunda-feira] no interior do estado.”

A prefeitura de São Paulo disse que o número de pedidos de internações por Covid-19 vem caindo. Edson Aparecido, secretário municipal da Saúde, ressaltou que no pico da doença a cidade chegou a receber 350 pedidos de internações em um dia. Destes, 90 eram para UTI. No último final de semana, foram feitas 33 solicitações e apenas 11 eram para UTI.  

Na manhã desta terça (7), Bruno Covas falou sobre a taxa de ocupação de leitos.

Continua após a publicidade

“A gente trabalha com 50% da taxa de ocupação dos leitos de enfermaria e dos leitos de observação na cidade como um todo, são algo em torno de 1.800 leitos na cidade, dos quais praticamente metade deles no hospital de campanha do Anhembi. Então, a gente está observando os números para com tranquilidade, da mesma forma que a gente só desativou o Pacaembu quando tinha total tranquilidade que não ia mais precisar dele, a gente vai observando para quando for o caso desmobilizar o Anhembi”, disse Covas.

A Secretaria Estadual da Saúde informou que a taxa de ocupação de leitos para a Covid-19 na capital está em 64,3% para UTI e 49,1% para enfermaria. Quanto aos casos de mortes, a cidade ainda registra um número alto: 13 003 óbitos entre confirmados e suspeitos segundo o Boletim Diário da Covid 19 da PMSP de 5 de julho.

Publicidade