Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Região da Faria Lima conta com chuveiros compartilhados em contêiner

Idealizador da iniciativa pretende espalhar os boxes por toda a cidade

Por Guilherme Queiroz 12 set 2019, 17h22

Com a virada de tempo esta semana, qualquer caminhada significa suar a camisa. Pedalar ou correr, então, nem se fale. Mas para quem não abre mão de se exercitar pela manhã, antes de entrar no trabalho, o administrador Tiago Godoi pensou em uma solução para o mau odor.

Desde o começo de agosto, um contêiner foi instalado em um estacionamento no número 100 da Rua Professor Artur Ramos, na região do Itaim Bibi. O espaço oferece banhos “à la carte” em quatro cabines, com toalha, xampu e sabonete. A iniciativa foi chamada de Sports To Go. Custa 18 reais completo ou 12 reais, sem nenhum acessório.

A ideia surgiu por volta de 2016. Godoi costumava ir de bicicleta ao trabalho na Avenida Faria Lima e tinha o privilégio de contar com um chuveiro na sede do Facebook. “As pessoas me falavam que se tivessem o mesmo incentivo, iriam também de bike”, lembra.

Junto com um sócio, investiu cerca de 100 000 reais para reformar o contêiner, instalar os banheiros e implementar o sistema automático, pelo qual as cabines são destravadas através de um aplicativo da empresa, encontrado na Google Play Store e na Apple Store

O equipamento possui também um sistema de esterilização por raios ultravioleta, usada em aviões da Boeing. “Queríamos um patrocinador master, mas não conseguimos”, diz Godoi. 

A criação acabou parada por dois anos em um galpão, até que, neste ano, eles decidiram colocar o “brinquedo” nas ruas. “Com o tanto que a gente gastava de aluguel onde ele ficava guardado, valia mais a pena pagar para ver como se saía no estacionamento”, conta.

Além dos chuveiros, quem passa por ali também encontra 24 armários, que podem ser alugados em um plano mensal de 160 reais, que inclui também um banho diário. Apesar de idealizada para os ciclistas e corredores que se exercitam na Avenida Faria Lima, a instalação é destinada a todos os públicos. “Tem gente que trabalha por aqui e quer tomar um banho antes de ir para a balada, por exemplo”, explica.

“Queremos espalhar por toda a cidade”, sonha Godoi. Apesar da ainda baixa frequência (foram dez banhos por semana no primeiro mês), ele se mostra otimista. “Depois que inauguramos, surgiram outros interessados em patrocinar e espaços se ofereceram para receber os contêineres”, comemora o administrador.

Continua após a publicidade
Publicidade