Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Escultora nonagenária ganha nova profissão: estilista

Maria Amélia Arruda Botelho de Souza Aranha cedeu imagem de ferro para grife de roupas da neta

Por João Batista Jr. Atualizado em 5 dez 2016, 18h37 - Publicado em 3 set 2010, 23h42

Escultora, pintora, escritora e, agora, estilista. Convidada pela neta Ciccy Halpern, dona de uma grife de roupas, a artista Maria Amélia Arruda Botelho de Souza Aranha — conhecida como Mabsa, as iniciais de seu nome — ganhou essa nova função. Isso porque cedeu a imagem de um pégaso de ferro, esculpido há dez anos, para ser usada como estampa para uma série de camisetas. “Fico feliz por continuar em atividade”, conta ela, que segue esculpindo semanalmente aos 93 anos. “Estou finalizando três divas em tamanho real.”

Publicidade