Continua após publicidade

Empresa que faz segurança da Santa Casa rescinde contrato por falta de pagamento

Grupo GR diz que instituição já acumula dívida de 10 milhões de reais e que 500 funcionários serão demitidos

Por Veja São Paulo
Atualizado em 5 dez 2016, 12h12 - Publicado em 6 ago 2015, 22h37

O Grupo GR, empresa de segurança responsável pela guarda patrimonial e o controle de acesso em 44 unidades da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, anunciou na tarde desta quinta (6) a rescisão do contrato que mantinha com a entidade desde 2007 por falta de pagamento.

Segundo a empresa, a dívida chegou aos 10 milhões de reais durante oito meses e meio. Sem a verba, os trabalhadores começaram o processo demissional. Segundo a GR, apenas 10% dos 500 funcionários foram transferidos para outros postos de trabalho.

+ Os planos do médico José Luiz Setúbal no comando da Santa Casa

O grupo atende 44 unidades da Santa Casa na capital e Grande São Paulo. Na sede em Santa Cecília, a maior, são aproximadamente 200 funcionários. A reportagem de VEJA SÃO PAULO não conseguiu contato com a Santa Casa de Misericórdia até a publicação desta matéria.

+ Governo dá nova ajuda financeira para manter atendimento na Santa Casa

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.