Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Condephaat veta projeto da arena de shows no Jockey Club

Órgão determinou que XYZ Live faça modificações; empresa diz que vai recorrer da decisão

Por Redação Veja São Paulo Atualizado em 5 dez 2016, 15h56 - Publicado em 4 jun 2013, 18h53

O Conselho de Defesa do Patrimônio  Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat) de São Paulo não aprovou o projeto para construção de uma arena para shows e eventos no Jockey Club, no Morumbi. Segundo o Condephaat, o projeto “fere a Resolução de Tombamento no que diz respeito a paisagem urbana e a relação com o edifício tombado”. O Jockey Club é tombado pelo Condephaat desde 2010 e toda modificação deve ser aprovada pelo órgão.

No início de maio, a Justiça determinou a paralisão das obras por falta de autorização dos órgãos competenets, decisão que foi revogada dias depois. Em seu parecer, o Condephaat não impede a construção de um edifício para fins culturais, desde que o projeto seja apresentado novamente. De acordo com o conselho, o estudo deve reconsiderar “a cota máxima do edifício com o objetivo de permitir a visibilidade do bem a partir da margem norte do Rio Pinheiros e a leitura da paisagem urbana a partir das arquibancadas do Jockey Club”.

Responsável pela obra, a XYZ Live afirmou em nota que vai recorrer da decisão. “A empresa estranha este voto negativo para a tenda e em outros casos de projetos temporários, como Lollapalooza, shows, Q bazar e ainda Casa Cor, que interfere no prédio do Jockey, não ter ocorrido. Certa dos benefícios que o projeto visa trazer para a região,  para a cultura  e para a revitalização do Jockey,  a XYZ Live continuará recorrendo junto ao Governo e à Prefeitura para prosseguir trazendo entretenimento e cultura para a cidade.”

Publicidade