Tabela em churrascaria sugere desconto no salário por “responder superiores”

Foto que levou a denúncia encaminhada ao Ministério Público do Trabalho exibiria supostos descontos no pagamento de funcionários de casa na Zona Sul

No último dia 11, Lucas (nome fictício) relata ter ido a uma casa de carnes na Zona Sul da cidade, a South’s Place Churrascaria, para um almoço em família no Dia dos Pais. Na hora de pagar a conta, diz que estranhou uma tabela fixada no balcão do caixa do estabelecimento e tirou uma foto do papel.

No item, com o título “valores vales”, números indicam supostos preços de uniformes e utensílios de cozinha. Mais abaixo, aparecem quantias para pratos e copos, com o subtítulo “quebra” por cima.

Por último, surge o item que mais chama a atenção: “comer, beber, usar celular, responder superiores”, e ao lado, o valor de 30 reais. “Na tabela, podemos ver os preços dos uniformes que seriam descontados dos funcionários e também as punições peculiares em caso de responder seus superiores”, escreveu o rapaz em uma rede social, após publicar a imagem.

Foto tirada pelo rapaz de tabela que estaria no interior da churrascaria

Foto tirada pelo rapaz de tabela que estaria no interior da churrascaria (Reprodução/Divulgação)

“É um absurdo, me senti mal depois de pagar, ao dar dinheiro para um local como esse”, contou ele à reportagem. A foto acabou chegando à advogada Vanessa Almeida. “Como a empresa exige que os funcionários usem o uniforme, isso não pode ser cobrado de maneira alguma, mesmo pela manutenção”, afirma.

Sobre o item a respeito de “responder superiores”, Vanessa avalia como o mais crítico. “A multa por ‘desobediência’ é claramente assédio moral.” A profissional fez uma denúncia ao Ministério Público do Trabalho (MPT) contra a churrascaria. Outro ponto, que segundo ela, se mostra irregular, é a possível cobrança de “meia-falta”. “Se uma pessoa atrasa, ou você desconta o dia inteiro ou dá uma advertência, não pode descontar meio dia.”

Procurado, o MPT afirma que recebeu a denúncia e o caso foi encaminhado para investigação de um promotor. O advogado da South´s Place, Adilson Lira, explicou a VEJA SÃO PAULO que a empresa “jamais realizou desconto dos funcionários que não seja autorizado por lei ou estabelecido nas convenções coletivas”.

Questionado sobre a existência da tabela, o defensor disse que “não tem como confirmar” se a mesma estaria na churrascaria. Rebateu também que, na foto, não há elementos que comprovem que a mesma foi tirada no interior do local. “Vamos apurar meticulosamente o fato”, garantiu. “Se houver algo irregular [na denúncia feita pelo rapaz e a advogada], eles serão processados e punidos.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s