Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Casal é acusado de matar o próprio filho após parto na Zona Norte

Caso foi registrado como homicídio por motivo fútil

Por Redação VEJA São Paulo 21 jul 2021, 19h42

A polícia prendeu um casal na segunda-feira (19) acusado de matar o próprio filho após o parto. O caso ocorreu na Brasilândia, Zona Norte da capital paulista. De acordo com o R7, o homem tem 19 e a mulher, 23 anos de idade.

A jovem entrou em trabalho de parto no banheiro de sua casa. Após o bebê nascer, os jovens teriam colocado a criança dentro de uma sacola plástica, o que ocasionou morte por asfixia. A mulher teve complicações após o parto e eles precisaram acionar o SAMU, que constatou a situação de possível homicídio e acionou a polícia. Os jovens foram presos em flagrante e a mulher segue internada em um hospital da capital paulista, sob custódia.

O caso foi registrado no 72º DP da Vila Penteado e registrado como homicídio qualificado por motivo fútil.

  • Publicidade