Cartas da edição 2558

A opinião do leitor

Férias de Verão 

No início de novembro, visitei um dos destinos eleitos pela reportagem — Jericoacoara, no Ceará (“a virada a partir de 948 reais”, 29 de novembro). Linda vila, um show de natureza e uma comodidade para chegar lá com o novo aeroporto. Assim dá gosto viajar! Pericles Carrocini

Boa dica de leitura, com sugestões para curtir a alta temporada. Thiago Prado, via Facebook

Feira dos Campeões

Na edição que vem, irei nos quatro dias (“Comer & Beber ao vivo”, 22 de novembro). Assim, conseguirei experimentar todos os restaurantes. Iran Souza, via Facebook

A interação foi um sucesso. Procurei conversar e pegar dicas com alguns chefs, que foram simpáticos e muito atenciosos. Solange Zanelatto, via Facebook

Foi um prazer participar da feira e formar parte desta edição. Oscar Bosch, chef do ano e sócio do Tanit

Para fechar o ano com chave de ouro. Marcelo Laskani, chef e sócio do Piccolo

Nas próximas edições, o lugar precisa ser maior, ter mais espaço para circulação e mesas para acomodar as pessoas que estão
comendo. De resto, estão de parabéns. Ana Bueno, via Facebook

Invasão dos Drones

Só acho que quem curte o equipamento com consciência não deve pagar pela ignorância de alguns “sem-noção” (“Revoada de problemas”, 29 de novembro). Tenho o meu, cadastrado na anac, e nunca o liguei na capital, só em viagens. O sujeito que usa o drone próximo a aeroportos deve ser preso! Fabricio Moreira, via Facebook

Rua Guacuí

Fui ontem a um aniversário no Capivara e realmente parecia Carnaval de rua, como diz a reportagem (“Quarteirão do agito”, 29 de novembro). Faltou só o trio elétrico. Volto, com certeza. Jana Pereira, via Facebook

Coitados dos moradores que vivem no entorno dessa área. Tutu Peruche, via Facebook

Novo Piso nos Calçadões

Tem de trocar mesmo (“As pedras vão rodar”, 29 de novembro). Quem trabalha nesses locais e anda por ali sabe como é fácil virar o pé e pisar nos buracos. Ontem mesmo vi um homem com perna mecânica tropeçar em uma ondulação na Barão de Itapetininga. Quase caiu. Cristina Caggiano, via Facebook

Os grandes problemas com o piso de mosaico português são a péssima colocação do calçamento e a falta de conhecimento para fazer uma manutenção eficiente. É uma pena que as substituições estejam acontecendo por essas razões. Nivio Marcelo Auletta, via Facebook

Dono da Livraria Cultura

Parabéns pela entrevista com Pedro Herz (“Um novo capítulo da Cultura”, 22 de novembro). Tenho grande admiração pela iniciativa dessa família que veio da Europa fugindo da perseguição nazista e, aqui, encontrou o caminho para disseminar a cultura e o gosto pela leitura. Amália Pelcerman

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s