Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Bruno Covas, de licença médica, assiste à final da Libertadores no Rio

Prefeito recebeu críticas por estar no jogo enquanto a capital está na fase vermelha para conter a Covid-19

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 31 jan 2021, 10h23 - Publicado em 31 jan 2021, 10h22

O prefeito Bruno Covas assistiu à partida de Santos e Palmeiras, pela final da Libertadores, no Maracanã, na tarde de sábado (30). Com a camisa do Santos, ele foi visto em meio aos convidados na arquibancada do estádio.

+ Assine a Vejinha a partir de R$ 6,90 mensais

Covas está de licença médica desde o dia 18 de janeiro para fazer radioterapia, procedimento para combater um câncer descoberto em 2019. Neste período, o vice-prefeito, Ricardo Nunes, assumiu a administração da cidade.

No Twitter, Covas se tornou um dos assuntos mais comentados ao receber críticas por aparecer no local, principalmente porque neste fim de semana, a capital entrou na fase vermelha para conter a Covid-19, quando apenas os serviços essenciais podem funcionar.

 

Continua após a publicidade

Publicidade