Clique e assine por apenas 5,90/mês

Moradores dos Jardins reclamam de barulho causado por obra da prefeitura

Vizinhos gravaram vídeos que mostram homens trabalhando com britadeiras durante a noite

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 14 fev 2020, 15h49 - Publicado em 3 dez 2019, 18h54

Moradores do Jardim Paulistano, bairro nobre da capital, se revoltaram com o barulho provocado por obras da prefeitura destinadas à instalação de cabos que servirão para ligar câmeras de segurança na região. O canteiro está localizado na Rua Honduras. Alguns vizinhos que não quiseram se identificar gravaram vídeos que mostram homens trabalhando com britadeiras ligadas a todo vapor durante a noite. Segundo eles, a barulheira começa por volta das 22h e se estende madrugada adentro há alguns dias.

Incomodados com o tumulto, eles chegaram a chamar a polícia na segunda-feira (2), na tentativa de resolver o problema. Os moradores sustentam as reclamações na Lei do Silêncio, que, segundo eles, está sendo desrespeitada com os trabalhos no canteiro de obras ao longo da madrugada.

Responsável pela obra, Josenildo dos Santos afirmou que pediu a transferência dos trabalhos para o período matutino. “Essas obras são para beneficiar a própria região. E os moradores não entendem que, para isso, é preciso pagar um preço”, diz. “Agora as obras vão acontecer na parte da manhã. Mas vai demorar para acabar, porque o turno de trabalho será menor.”

Santos disse ainda que tinha a autorização da prefeitura para trabalhar naquele horário. Em nota, a administração municipal comunicou que a empresa que estava tocando a obra tinha autorização da prefeitura para trabalhar em determinados períodos da noite, mas ponderou que os limites de níveis de ruído tinham se ser respeitados. “Independentemente do período para o qual a obra está autorizada, deve-se respeitar os limites de níveis de ruído permitidos pela legislação no período noturno. Caso contrário, a empresa deverá executar a obra durante os períodos diurnos autorizados”, diz o texto.

+ OUÇA O PODCAST #SP SOnha: O que falta para a Rua dos Pinheiros

Continua após a publicidade
Publicidade