Clique e assine por apenas 6,90/mês

Bandeirinha musa é afastada após atuação em clássico mineiro

Comissão de Arbitragem da CBF diz querer poupar a auxiliar Fernanda Colombo; cartola do Cruzeiro chegou a afirmar que ela deveria posa nua, mas depois pediu desculpas

Por Redação VEJASÃO PAULO.COM - Atualizado em 5 dez 2016, 14h27 - Publicado em 13 Maio 2014, 19h41

A catarinense Fernanda Colombo virou musa dos torcedores, mas sua atuação no último domingo (11) fez a CBF a afastar dos gramados. Ela atuou como assistente no clássico mineiro entre Cruzeiro e Atlético-MG e foi duramente criticada. Segundo a entidade, a medida foi tomada para preservar a profissional. Também não foi definido prazo para ela voltar a auxiliar em jogos.

Aos 41 minutos do segundo tempo, ela assinalou um impedimento inexistente do jogador Alisson, do Cruzeiro. A equipe foi vencida por 2 a 1, e, ao final da partida, o diretor de futebol do time, Alexandre Mattos, disse que ela deveria posa nua. “Se ela é bonitinha, que vá posar para a PLAYBOY. No futebol tem que ser boa de serviço”, disparou ele. O cartola pediu desculpas por sua declaração.  

Fernanda ganhou fãs entre torcedores de vários times na última quarta-feira (7), quando atuou na vitória do São Paulo sobre o CRB em jogo válido pela Copa do Brasil. A participação da assistente naquela partida também foi alvo de reclamações, principalmente do técnico são-paulino, Muricy Ramalho. Ele criticou o desempenho dela ao anotar impedimento em lances do time do Morumbi.

 

Continua após a publicidade
Publicidade