Clique e assine por apenas 6,90/mês

Quão verde é o seu bairro? Mapa mostra áreas mais e menos arborizadas na capital

Levantamento da matéria de capa da Vejinha desta semana ilustra a distribuição da cobertura vegetal na cidade

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 7 ago 2020, 19h13 - Publicado em 7 ago 2020, 19h10

Além dos abismos sociais que separam, muitas vezes com muros, as regiões nobres das periféricas na capital paulista, a cidade também é desigual quando o assunto é o verde. A cobertura vegetal tem extremos dependendo do CEP, e esse é o assunto da capa da Vejinha desta semana, que você pode ler aqui.

Descobrimos, por exemplo, que no Alto de Pinheiros, onde moram 43 000 paulistanos, existem dois parques e 53 praças. Mais do que têm Campo Limpo, Capão Redondo e Vila Andrade somados, que contam com 607 000 pessoas. No Sacomã, onde vivem 250 000 (onde fica a favela de Heliópolis, a segunda maior da cidade), não existe um único parque. A Zona Leste e o Centro lideram em áreas com baixo índice de arborização.

O levantamento contou com a parceria da consultoria Urbit, que ilustrou bem as diferenças do verde na cidade. Confira nos gráficos abaixo:

Cobertura arbórea por hectare Urbit/Veja SP

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade