Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Teatro Municipal dá calote de 900 000 reais

Em setembro do ano passado, a ópera Salomé, de Richard Strauss, foi encenada no Teatro Municipal, cujo diretor artístico é o maestro John Neschling. Ele escalou um elenco de artistas de países como Inglaterra e Alemanha. Ao todo, somaram-se sete récitas, todas elas com a casa cheia. Tudo lindo, não fosse um detalhe: os solistas e diretores levaram um calote. […]

Por João Batista Jr. Atualizado em 26 fev 2017, 19h14 - Publicado em 23 jan 2015, 23h57
Neschling: o teatro deve 900 000 reais a artistas estrangeiros (Foto: Adriano Vizoni)

Neschling: o teatro deve 900 000 reais a artistas estrangeiros (Foto: Adriano Vizoni)

Em setembro do ano passado, a ópera Salomé, de Richard Strauss, foi encenada no Teatro Municipal, cujo diretor artístico é o maestro John Neschling. Ele escalou um elenco de artistas de países como Inglaterra e Alemanha. Ao todo, somaram-se sete récitas, todas elas com a casa cheia. Tudo lindo, não fosse um detalhe: os solistas e diretores levaram um calote. O combinado era receberem o cachê em outubro, mas nenhum centavo caiu na conta deles até agora. O Municipal confirma a dívida de 900 000 reais. “Tivemos contratempos com os patrocinadores e, por isso, os atrasos aconteceram”, justifica José Luis Herencia, diretor administrativo do Municipal. Herencia promete que tudo será quitado a partir da semana que vem. O orçamento da instituição em 2014 era de 90 milhões de reais. Neste ano, será de 100 milhões.

+ John Neschling fala de seu trabalho no Municipal e de sua relação com São Paulo

Publicidade