Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Jornalista descreve polêmica vivida com Cláudia Raia nos tempos de redação

Responsável por matérias de educação e celebridades na Vejinha, Janete despertou a antipatia da atriz durante entrevista nos anos 1990

Por Humberto Abdo Atualizado em 25 set 2020, 13h05 - Publicado em 25 set 2020, 12h49

Sobrevoar as mansões do Litoral Norte de helicóptero e correr a São Silvestre foram algumas das aventuras vividas por Janete Leão Ferraz, 61, em dez anos de Vejinha. Uma das suas apurações revelou que boa parte dos para-raios da cidade eram fabricados com césio, material cancerígeno. “Provocou uma onda nas empresas porque todos os prédios precisaram trocar”, conta. Janete chegou a despertar a antipatia de Cláudia Raia em uma entrevista com mais de trinta repórteres. “Ela ficou me medindo porque eu, com 1,80m e salto alto, estava bem mais alta que ela. Na sequência, para uma colunista de moda, mandou: ‘detesto vestidos trapézio!’, bem o modelo que eu vestia.” Uma nota desfavorável sobre seu show na época estimulou a discórdia. “Ela ligava para a redação pedindo minha cabeça, mas nem era eu quem tinha ido ver o show. Até que um dos [office] boys atendeu e perguntou ‘Cláudia Raia de onde?’ Ela ficou furiosa!”, relembra, aos risos.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 30 de setembro de 2020, edição nº 2706.

  • Publicidade