Clique e assine por apenas 6,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade.

Grupo se reúne para debater livros de autoras mulheres

O projeto Leia Mulheres terá o próximo encontro na Biblioteca Mário de Andrade

Por Ana Carolina Soares - Atualizado em 24 Jan 2020, 14h44 - Publicado em 24 Jan 2020, 06h00

Juliana Leuenroth, 35, Michelle Henriques, 32, e Juliana Gomes, 41, conheceram-se há dez anos, trabalhando como vendedoras em uma livraria. Em 2014, ficaram sabendo do projeto #readwomen, da escritora inglesa Joanna Walsh, que promove a leitura de obras escritas por mulheres, e decidiram implantar o movimento por aqui. Uma vez por mês, elas lideram o Leia Mulheres, um grupo que debate títulos do tipo.

A iniciativa cresceu e impactou 300 pessoas em diversas cidades brasileiras. “Homens também podem participar das reuniões gratuitas”, ressalta Juliana Leuenroth. Na capital, o próximo encontro será em 15 de fevereiro, às 16h, na Biblioteca Mário de Andrade, para falar sobre Fique Comigo, da nigeriana Ayòbámi Adébáyò. De leitoras, o coletivo formará também autoras. “Preparamos um livro de poesias de membros do grupo”, diz Juliana.

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 29 de janeiro de 2020, edição nº 2671.

Publicidade