Pianista desmonta instrumento no palco em protesto

Na performance para denunciar o sucateamento do ensino público, Désirée Brissac toca um trecho de 'Romeu e Julieta', de Prokofiev

No palco, um piano é desmontado enquanto uma musicista insiste em tocar um trecho de Romeu e Julieta, de Prokofiev. A performance de Désirée Brissac, 21, estudante da faculdade de música da Universidade Estadual Paulista (Unesp), foi criada em 2016 para denunciar o sucateamento do ensino público — que certamente não começou ontem. “Mas agora, por causa do corte absurdo no orçamento da educação e das declarações horrorosas do nosso presidente Jair Bolsonaro, infelizmente tornou-se mais atual do que nunca”, inflama-se Désirée. “É um tiro no pé! Precisam mexer nas balbúrdias dos governantes antes de amputar áreas tão essenciais como a educação!” Em 18 de junho, no auditório da Unesp, na Barra Funda, a estudante ativista encerrará sua apresentação, que é gratuita e tem quase uma hora, com o que ela chama de “desconcerto”. “O piano será recuperado, claro. Afinal, não dá para seguir o exemplo do governo e desmontar a nossa cultura”, acredita.

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 29 de maio de 2019, edição nº 2636.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s