Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pergunte ao Doutor Por Blog

Treze perguntas e respostas sobre a gripe H1N1

Com prontos-socorros e clínicas particulares de vacina lotadas, muitas pessoas estão cheias de dúvidas sobre o atual surto de gripe H1N1 na capital. Confira abaixo treze questões sobre o vírus, os sintomas e a vacina: + Surto da gripe H1N1 coloca a capital em alerta VÍRUS Quem faz parte do grupo de risco? Idosos acima de 60 anos, gestantes, […]

Por Mariana Oliveira Atualizado em 26 fev 2017, 12h39 - Publicado em 4 abr 2016, 18h18
(Foto: mage Source/Folhapress)

(Foto: mage Source/Folhapress)

Com prontos-socorros e clínicas particulares de vacina lotadas, muitas pessoas estão cheias de dúvidas sobre o atual surto de gripe H1N1 na capital. Confira abaixo treze questões sobre o vírus, os sintomas e a vacina:

+ Surto da gripe H1N1 coloca a capital em alerta

VÍRUS

Quem faz parte do grupo de risco?
Idosos acima de 60 anos, gestantes, doentes crônicos e crianças entre 6 meses e 5 anos de idade.

Quando a pessoa é diagnosticada com H1N1, qual o tratamento?
Eficaz nas primeiras 48 horas de sintomas, o antiviral Oseltamivir (comercializado como Tamiflu) é um dos mais receitados pelos médicos. Dica esperta: se não encontrar em farmácias, procure por um posto público de saúde, pois eles estão abastecidos.

Por que há maior preocupação neste ano?
No caso do Brasil, o período crítico da gripe vai de maio a agosto. O atual surto que acomete São Paulo e outros estados é inédito. Não há registro anterior de um aumento tão significativo de casos entre fevereiro e março.

Quais precauções devo tomar para não pegar gripe?
Lavar as mãos com frequência (principalmente antes de comer algum alimento), manter os ambientes bem ventilados, evitar multidões ou lugares muito apertados, cobrir nariz e boca ao tossir ou espirrar, evitar contato com infectados, manter uma alimentação balanceada, beber bastante água.

tamiflu

SINTOMAS

Quais os primeiros sinais?
Febre alta e súbita, dores musculares, de garganta e de cabeça, mal-estar, coriza e tosse seca. A febre é o sintoma mais importante e pode durar até três dias.

Continua após a publicidade

Qual a diferença entre um resfriado e a gripe?
Também uma doença respiratória, o resfriado, além de ser causado por vírus diferentes, apresenta sintomas mais brandos e por menos tempo. Congestão nasal, tosse, coriza e dores no corpo e na garganta duram entre dois e quatro dias. A febre quase não ocorre e, quando chega, tem temperaturas menores.

+ Onde encontrar a vacina da gripe agora

(Foto: Camilla Carvalho/Instituto Butantan)

(Foto: Camilla Carvalho/Instituto Butantan)

VACINA

Tomei a vacina de 2015, preciso repetir a dose em 2016?
Todos os anos, a Organização Mundial de Saúde forma um tipo de vacina com os vírus mais frequentes na temporada anterior. O ideal é repetir a dose para que a pessoa tenha o reforço da nova composição.

Estou fora do grupo de risco, preciso tomar a vacina?
Embora com menos pressa, o ideal é que todas as pessoas sejam imunizadas. Se você é jovem e saudável, sem doença crônica, não tem necessidade de enfrentar as longas filas que ocorrem neste momento, mas deve procurar vacinar-se, sim. 

Vale mais a pena tomar a vacina em uma clínica particular ou melhor esperar a campanha no setor público?
Também depende se você está ou não dentro do grupo de risco. Nestes últimos dias, as clínicas particulares, que já trabalham com as vacinas deste ano, estão lotadas. As grandes filas são compostas por variados perfis de pacientes. Mas, neste momento, devem ser priorizadas pessoas dentro do grupo de risco. O valor pela dose gira em torno de 150 reais. A partir do dia 11, os postos públicos de saúde farão a vacinação de forma gratuita.

Qual a diferença entre a vacina trivalente e a tetravalente?
Distribuída pela rede pública de saúde, a chamada vacina trivalente deste ano atuará sobre três vírus: H1N1, H3N2 e influenza B/Brisbane. Já a versão tetravalente protege contra estas mesmas três cepas mais uma vertente da influenza B/Phuket, e é encontrada somente nas clínicas particulares. Esse último tipo de vírus é mais raro no Brasil.

A vacina faz efeito imediatamente após eu tomar?
A pessoa começa a ficar realmente protegida entre duas e três semanas após a injeção da vacina. A duração é de cerca de um ano.

A partir de quantos anos uma criança pode ser vacinada?
A partir dos 6 meses de idade, qualquer bebê pode ter a vacina trivalente aplicada. Já a quadrivalente é indicada para maiores de 3 anos.

Quem não pode tomar a vacina?
A principal contraindicação é para pessoas que têm alergia à proteína do ovo.

*O conteúdo deste post não substitui uma consulta médica. Procure sempre seu médico.

Continua após a publicidade
Publicidade