Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pergunte ao Doutor Por Blog

O que é e como evitar a rinite sazonal

Saiba como evitar esse problema característico dessa época do ano

Por Camila Pusiol Atualizado em 8 out 2018, 12h43 - Publicado em 8 out 2018, 12h28

A transição entre o inverno e a primavera pode ser marcada pelo desencadeamento da rinite alérgica sazonal, inflamação no nariz que ocorre devido à exposição a alérgenos específicos. Os sintomas mais característicos são espirros, rinorreia, congestão nasal e, às vezes, conjuntivite. Em alguns países, a rinite sazonal pode ser causado por pólen de plantas. No Brasil, porém, essa polenização não é tão característica.

“Por isso, a rinite sazonal pode ser causada por inúmeros outros fatores, como o mofo e o ácaro que estão mais evidentes nesta épocas do ano” explica a Dr. Janaína Rodrigues, otorrinolaringologista da Clinica Fares, graduada em medicina pela Universidade Federal da Paraíba e doutoranda em Otorrinolaringologia da USP.

Segundo a médica, a diferença entre a rinite alérgica sazonal e a rinite alérgica perene é que, na primeira, os sintomas, como espirros, coriza e obstrução nasal ocorrem apenas em  determinada época do ano, enquanto na perene eles são constantes e podem ocorrer em qualquer época.

Para tratar os sintomas, é necessário fazer uso de antialérgicos orais e corticosteroides. “O que oriento é que, confirmada a incidência de rinite sazonal, o paciente já inicie seu tratamento um mês antes, continue por todo período e termine um mês depois para evitar os sintomas e possíveis complicações” finaliza a médica.

*O conteúdo deste post não substitui uma consulta médica. Procure sempre seu médico.

Continua após a publicidade
Publicidade