Clique e assine por apenas 6,90/mês
São Paulo nas Alturas Por Raul Juste Lores Redator-chefe de Veja São Paulo, é autor do livro "São Paulo nas Alturas", sobre a Pauliceia dos anos 50. Ex-correspondente em Pequim, Nova York, Washington e Buenos Aires, escreve sobre urbanismo e arquitetura

Contraste na praia: edifício tem vista desimpedida para Santos e Guarujá

Com pátio interno, átrio e pastilhas coloridas, a original construção do arquiteto Artacho Jurado foi inaugurada em 1960

Por Raul Juste Lores - Atualizado em 7 fev 2020, 15h34 - Publicado em 7 fev 2020, 06h00

O arquiteto autodidata e construtor João Artacho Jurado tinha um ótimo olho para a localização de seus empreendimentos. Até em Santos, onde costumava passear com a família, ele construiu dois prédios. Mesmo em um trecho da Ponta da Praia santista sem areia, onde os pedregulhos e o mar encostam na avenida beira-mar, a esquina do Edifício Enseada é privilegiada: tem vista desimpedida para a Fortaleza da Barra Grande, do século XVI, no Guarujá, e fica quase ao lado do tombado Museu de Pesca, construção de 1909.

edifício enseada santos
O Enseada: originalidade que se tornou rara na arquitetura de Santos dos últimos anos @drone.cyrillo/Veja SP

Os apartamentos na fachada da Avenida Bartolomeu de Gusmão ainda conseguem ter vista para toda a Baía de Santos. O Enseada só ficou pronto em 1960, quando o construtor já sofria com inúmeros problemas financeiros, causados pela inflação dos anos JK, e tentava aplicar reajustes que foram parar na Justiça.

edifício enseada santos
Marquise: em formato de gaivota @drone.cyrillo/Veja SP

Felizmente, os primeiros compradores toparam bancar os revestimentos coloridos e a marquise, marcas registradas artachianas. Já nos últimos anos, infelizmente, aquela vizinhança da Ponta da Praia recebeu diversas novas torres sem nenhum traço de originalidade arquitetônica e com onipresentes terraços de vidro esverdeado, um modismo da Miami nos anos 1990 (até as cópias chegaram tarde). Lá na Flórida isso já mudou: incorporadores daquela cidade começaram a contratar grandes arquitetos internacionais. Além de residenciais, até os craques Herzog & De Meuron projetaram um museu e um edifício-garagem que viraram pontos turísticos em Miami. Tomara que essa moda chegue a Santos. Com urgência.

edifício enseada santos
Visão do alto: pátio interno e jardim @drone.cyrillo/Veja SP

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 12 de fevereiro de 2020, edição nº 2673.

Continua após a publicidade
Publicidade