Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

VMA 2012: os vencedores, os shows, os sustos

Não teve gafe, discurso polêmico, surpresa escandalosa nem Britney Spears. Por tudo isso, a edição de 2012 do Video Music Awards foi um tanto morna e (em alguns momentos) sonolenta. Menos, é claro, para os fãs da boy band britânica One Direction (aquela do Nissim Ourfali, lembra?), que levou três troféus – entre eles, o […]

Por VEJASP Atualizado em 27 fev 2017, 12h07 - Publicado em 7 set 2012, 15h50

Não teve gafe, discurso polêmico, surpresa escandalosa nem Britney Spears. Por tudo isso, a edição de 2012 do Video Music Awards foi um tanto morna e (em alguns momentos) sonolenta. Menos, é claro, para os fãs da boy band britânica One Direction (aquela do Nissim Ourfali, lembra?), que levou três troféus – entre eles, o de revelação – e roubou a cena.

Os dois principais indicados, Rihanna e Drake, também não foram esquecidos na distribuição de prêmios. Ela venceu na categoria de melhor vídeo do ano, por “We Found Love”. Ele, na de clipe de hip hop.

A seguir, assista ao campeão da noite (veja a lista completa de ganhadores):

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=tg00YEETFzg?feature=oembed&w=500&h=281%5D

O nosso clipe preferido entre os concorrentes, “Bad Girls“, da M.I.A., ficou com troféus importantes, mas que foram entregues antes do começo da transmissão: melhor direção e fotografia.

Em compensação, a emissora caprichou num dos quesitos mais importantes da festa: os shows. Do rapper Frank Ocean a Alicia Keys, não faltaram superproduções com acrobacias, efeitos especiais e cenários inusitados. Confira os nossos três prediletos:

Continua após a publicidade

1. Frank Ocean, autor de um dos melhores discos do ano (“Channel Orange”), soltou a voz acompanhado apenas por um guitarrista em “Thinkin’ Bout You”, em meio a uma espécie de incêndio florestal. Agradou até a quem não o conhecia.

2. O Green Day (felizmente) também optou p0r um formato, digamos, “pocket” para mostrar a nova “Let Yourself Go”. O som (e o visual) da banda não envelhecem nunca, certo? Antes da premiação, eles fizeram um discurso a favor do coletivo punk russo Pussy Riot, envolvido em uma polêmica que levou três de suas integrantes à cadeia. Atitude!


3. E, com as coreografias extravagantes de sempre, Rihanna criou uma apoteose pop-carnavalesca com “Cockiness (Love it)” e “We Found Love”. Sim, foi uma noite pop. A amiga Katy Perry certamente curtiu:

E (como esqueceríamos disso?) não faltaram looks excêntricos no tapete vermelho. Ontem, mostramos que o VMA tem um longo histórico de figurinos bizarros. O site Buzzfeed reuniu alguns dos equívocos deste ano. Os mais assustadores estão na galeria abaixo. Confira:

#gallery-3 {
margin: auto;
}
#gallery-3 .gallery-item {
float: left;
margin-top: 10px;
text-align: center;
width: 25%;
}
#gallery-3 img {
border: 2px solid #cfcfcf;
}
#gallery-3 .gallery-caption {
margin-left: 0;
}
/* see gallery_shortcode() in wp-includes/media.php */

(Tiago Faria)

+ Oops: os erros de gravação de cinco séries cômicas
+ Hit da web: balance ao ritmo do ‘Gangnam Style’

Continua após a publicidade
Publicidade