Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Tony Ramos chama atenção com homenagem no Altas Horas

Serginho Groisman recebeu uma série de convidados estrelados na atração da TV Globo, mas foi um discurso do ator que repercutiu neste sábado (13)

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 14 abr 2019, 12h22 - Publicado em 14 abr 2019, 11h31

Não à toa o Altas Horas deste sábado (13) deu o que falar na internet. Serginho Groisman recebeu uma série de convidados estrelados na atração da TV Globo, mas foi um discurso de Tony Ramos que chamou atenção dos telespectadores. O jornalista apresentou a professora Débora Garofalo: “A primeira mulher a entrar entre as dez finalistas do Global Teacher Prize, que é considerado o Nobel da educação”.

Após ouvir a educadora, Tony Ramos pediu a palavra: “Serginho, se me permite…”, disse o ator. “Professora Débora, eu sou filho de uma professora primária. Hoje, mamãe, Dona Antônia, está aposentada, e eu acompanhei muito minha mãe no bairro da Vila Maria, aqui em São Paulo. Eu estudei em escola pública e mamãe, professora de escola pública, e para um trabalho voluntário ela lecionava, muito antes de existir o tal do MOBRAL, mamãe lecionava para adultos de graça. Adultos analfabetos”, relembrou o ator da TV Globo.

“Eu sei bem da caminhada de vocês, mais do que ninguém aqui, talvez, por ser filho de uma mulher que lecionava em três lugares, desquitada, para poder sobreviver comigo — e tinha ajuda da minha querida avó”, relembrou. “Isso tudo para dizer como é importante uma coisa que eu sempre sonhei”, explicou. “Eu sonho numa criança sendo ocupada, num país com tantas carências, a partir das 7h30 da manhã com aulas acadêmicas normais, e também com arte, música e esporte, uma boa alimentação e entregando essa criança pro papai ou para a mamãe 16h, 16h30 da tarde. É utopia?”, questionou Tony Ramos — clique aqui para assistir ao momento.

Após ouvir a resposta da educadora, Tony Ramos se emocionou: “Vocês são… na minha opinião, deveriam ser reconhecidos, até me toco muito com isso, deveriam ser reconhecidos os professores como um todo como heróis do povo. Um dia, quem sabe”, finalizou o ator, sendo aplaudido pela plateia do Altas Horas. O momento chamou atenção neste sábado (13). Confira a repercussão: 

Dê sua opinião: E você, o que achou do Altas Horas deste sábado (13)? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Continua após a publicidade
Publicidade