Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Rodrigo Bocardi vira motivo de piada ao vivo no ‘Bom Dia São Paulo’

Repórteres do programa fizeram brincadeira com o apresentador em uma matéria

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 5 Feb 2020, 13h43 - Publicado em 9 Oct 2019, 11h39

Rodrigo Bocardi foi alvo de brincadeiras no Bom Dia São Paulo. O tamanho da cabeça do apresentador virou motivo de piada durante uma reportagem exibida na manhã desta quarta-feira (9).

A repórter Luiza Vaz realizava uma matéria ao vivo enquanto pedalava em uma ciclovia na Zona Leste da cidade. O capacete que a jornalista usava no trajeto, no entanto, ficava constantemente caindo sob seu olhos, o que chamou atenção de Bocardi.

Luiza logo respondeu que o problema era com o cabelo dela, que segundo ela, é “muito fino”. No entanto, outro motivo foi dado para o capacete ficar atrapalhando a visão. “A desculpa não é do seu cabelo”, disse Bocardi para a repórter.

“Enquanto a imagem da Luiza estava no ar, ela (Glória Vanique) me deu o telefone dela, e no telefone dela tem a mensagem: ‘gente o capacete da Luiza é três vezes maior do que a cabeça dela, coitada. O capacete era para a cabeça do Rodrigo’“.

Continua após a publicidade

Gloria e Bocardi caíram na risada, e mais tarde alfinetaram a autora da mensagem, a repórter Zelda Mello, que apareceu no helicóptero do programa, o Globocop.

“Você não esperava por aquela mensagem e a descrição no ar, não é?”, perguntou Bocardi. Zelda Mello respondeu: “Eu não esperava. Estávamos tricotando fora do ar (com a Gloria Vanique). Perdemos o amigo, mas não a piada”, disse.

Com bom humor, Bocardi replicou. “Está certo, o tanto de mensagem que deve ter sem eu saber. Mas eu amo vocês”. “A gente também te ama”, disse Zelda.

Dê sua opinião: E você, o que achou da brincadeira com Bocardi? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook!

Continua após a publicidade

+ OUÇA O PODCAST #SPsonha, de Raul Juste Lores: Que tal ter mais espaço na cidade para se esconder do sol ou da chuva?

Publicidade