Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Produções de Hollywood param com avanço da Covid-19 em Los Angeles

Sindicato da indústria cinematográfica fez o decreto na terça-feira (29)

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 31 dez 2020, 10h24 - Publicado em 31 dez 2020, 10h20

A maioria das produções de Hollywood foi interrompida novamente até pelo menos meados de janeiro, anunciou o sindicato da indústria cinematográfica, enquanto os casos da Covid-19 atingem níveis recordes em Los Angeles. As informações são da Folha.

O SAG-AFTRA disse que a maioria das produções de entretenimento “permanecerá em pausa até a segunda ou terceira semana de janeiro, se não mais tarde”, segundo um comunicado enviado aos membros na terça-feira (29).

O anúncio foi divulgado depois que as autoridades de saúde do condado de Los Angeles, na véspera de Natal, apelaram aos cineastas que “considerassem a possibilidade de interromper seus trabalhos por algumas semanas durante esse aumento catastrófico de casos de Covid”.

Los Angeles é o condado mais populoso do país e recentemente emergiu como o mais recente epicentro da pandemia de coronavírus nos Estados Unidos, superando 7 000 hospitalizações por Covid pela primeira vez na segunda-feira (28).

+ Assine a Vejinha a partir de 6,90 mensais

Continua após a publicidade
Publicidade