Clique e assine por apenas 5,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Paola Carosella responde após ser chamada de “vaca escravocrata”

Ao comentar uma pesquisa sobre o governo de Maurício Macri, presidente da Argentina, a jurada do 'MasterChef' foi questionada por um internauta

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 13 ago 2019, 13h25 - Publicado em 13 ago 2019, 13h14

Paola Carosella está sempre ativa no Twitter. A jurada do MasterChef Brasil costuma responder os fãs na plataforma digital, assim como rebater alguns comentários maldosos. A chef argentina, no entanto, foi surpreendida por uma ofensa na noite desta terça-feira (13).

Ao comentar uma pesquisa sobre o governo de Maurício Macri, presidente da Argentina, ela foi questionada por um internauta. A jurada afirmou que os dados compartilhados no Twitter foram “editados”, o que provocou muita discussão entre os usuários do Twitter. Um rapaz, no entanto, escolheu baixar o nível: “Comprar um sorvete Freddo grande em Buenos Aires com pouco mais de 10 reais chama-se REALIDADE. O regime bolivariano faz todo mundo trabalhar muito e ganhar pouquinho, sua vaca escravocrata“, disparou um usuário. 

Compartilhando a ofensa, Paola respondeu o internauta: “O senhor me chamou de vaca escravocrata? Se retrate. Urgente”, escreveu. Nas respostas, fãs pediram que a cozinheira processasse o homem por calúnia e difamação. “Acho que vale a pena o trabalho de um processo em um cidadão desses para entender que internet não é terra de ninguém”, escreveu o ex-MasterChef André Rochadel. 

Dê sua opinião: E você, o que achou da resposta de Paola Carosella? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Continua após a publicidade
Publicidade