Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Gil é alvo de homofobia após participar de ação em estádio de futebol

Caso envolveu conselheiro do time de futebol Sport; participante do BBB21 falou sobre o episódio nas redes sociais

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 14 Maio 2021, 16h27 - Publicado em 14 Maio 2021, 16h23

Um membro do conselho deliberativo do Sport, clube de futebol de Recife, fez comentários homofóbicos sobre o ex-BBB Gil do Vigor após o rapaz visitar o estádio do time e gravar vídeos dançando no gramado. A fala foi divulgada pelo Blog de Jamildo, no UOL.

O conselheiro Flávio Koury disse: “1,2 milhões (sic) de pessoas achando que o Sport só tem viado, só tem bicha. Vai vender é camisa. A viadagem todinha vai comprar. Vai ser lindo! […] Isso é uma desmoralização! Isso é ausência de vergonha na cara”, afirmou no áudio vazado.

Pelas redes sociais, Gil falou sobre o caso. “Primeiro ataque homofóbico que me deparo após o BBB e posso garantir, ainda machuca muito! Mas sigo firme e providências serão tomadas”, comentou. O economista visitou a Ilha do Retiro, sede do Sport na quarta-feira (12). O economista tirou fotos e gravou um vídeo para a TV do clube.

Nas redes sociais as tags “GIL MERECE RESPEITO” e “Força Gil” entraram para as mais comentadas do Twitter. Os internautas exigem a expulsão do conselheiro do Sport. Para o Globo Esporte, o vice-presidente do Sport divulgou uma nota sobre o caso.

O Sport Club do Recife é de todos. A falta de empatia e o preconceito estão levando nosso país ao caos. Estamos lascados! Gil do Vigor é e será sempre um legítimo representante das cores do Sport. Um clube plural, do povo. A maior torcida do Norte/Nordeste. Não segregamos quem ama o Sport. Amamos quem ama o Sport. O amor que une nossa torcida ao clube é incondicional. Obrigado Gil, por levar o nome do Sport pra todo o mundo. Pelo Sport Tudo!”.

Continua após a publicidade

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade