Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Emilly Araújo quebra silêncio sobre polêmica com Tatá Werneck

A vencedora do "Big Brother Brasil" esclareceu a situação em uma mensagem aos fãs publicada no Twitter na noite deste domingo (13)

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 14 ago 2017, 12h49 - Publicado em 14 ago 2017, 12h39

Após o comentário sincero de Susana Vieira — clique aqui para relembrar –, outras celebridades estão repercutindo o aniversário de Tatá Werneck nas redes sociais. No sábado (12), a ex-BBB Emilly Araújo teria entrado, sem convite, na celebração realizada na casa da atriz, que chamou a vencedora do reality show de “penetra” no Twitter.

Nesta segunda (14), Emilly quebrou o silêncio sobre o comentário e explicou o mal estar causado pela global. No Twitter, ela revelou que recebeu uma ligação de Tatá e que a polêmica não passou de um “mal entendido”: “Tatá Werneck me ligou agora! Tudo não passou de um mal entendido. E graças a Deus serviu para fortalecer a amizade! Adoro e admiro muito ela“, disse a vencedora do último Big Brother Brasil.

Quem também se manifestou sobre a polêmica foi a própria Tatá, que em seu Twitter escreveu uma mensagem sobre a conversa com Emilly: “Amigos, liguei para a Emilly Araújo agora e desfizemos o mal entendido! E assim surgem as novas amizades!“, escreveu a humorista.

Alguns fãs da atriz, no entanto, não gostaram da iniciativa: “Se desculpar com quem foi de penetra na sua festa? Que feio, Tatá! Quer agradar gregos e troianos? Você não se desculpou com quem é seu amigo!“, escreveu uma jovem.

Continua após a publicidade

Tatá respondeu ao comentário da seguidora: “Não faço média, amor. Sou apenas um ser humano como você, querendo evoluir. Me senti culpada por ver que gerei uma confusão“, explicou. Confira: 

No Instagram, a atriz já tinha revelado que deixou de convidar pessoas próximas por causa do tamanho da casa: “Sou amiga de muitos ex-BBB! Apenas fui sincera! Pessoas próximas não foram chamadas porque tem um limite na casa e reclamaram. Se eu deixasse de chamar pessoas mais próximas para chamar a Emilly, que não conheço apenas por ser famosa, eu estaria sendo babaca. Fui apenas honesta. É difícil se acostumar com sinceridade. Beijos e bom domingo“, escreveu nos comentários, segundo a CARAS.

Dê sua opinião: E você, o que achou da resposta de Emilly Araújo? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook!

Continua após a publicidade

Publicidade