Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Bonner responde Gilmar Mendes ao vivo após crítica ao ‘Jornal Nacional’

Ao longo do voto, ministro citou diretamente o noticiário como exemplo do que classificou de imprensa "opressiva" e "chantagista"

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 5 Apr 2018, 21h30 - Publicado em 4 Apr 2018, 20h29

Em meio ao julgamento do habeas corpus preventivo de Lula pelo STF, o Jornal Nacional começou de um jeito incomum. Os primeiros minutos do programa desta quarta (4) foram dedicados a responder os comentários do ministro Gilmar Mendes no plenário.

Ao longo do voto, Mendes citou diretamente o JN como exemplo do que classificou de imprensa “opressiva” e “chantagista”. “Se fez ontem um festival no Jornal Nacional querendo mostrar minha incoerência. Eu não tenho incoerência, senão responsabilidade institucional com o país”, disse, referindo-se a uma reportagem sobre a mudança no entendimento dele sobre o tema.

Gilmar Mendes reclamou do Jornal Nacional. O ministro entendeu que o JN quis provar a incoerência dele. Não foi esse o propósito do Jornal Nacional, o que se fez aqui foi apenas jornalismo”, disse Bonner, em tom grave.

https://www.youtube.com/watch?v=kj_8QUOS1Gk

Continua após a publicidade

Confira a repercussão:

 

Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

Publicidade