Fagundes sobre ida de Regina Duarte para o governo: “Tenho pena”

Em entrevista ator deu opinião sobre o cargo para a qual a colega é cotada na Secretaria Especial da Cultura, da gestão de Jair Bolsonaro

Antônio Fagundes criticou a possível ida de Regina Duarte para a chefia da Secretaria Especial da Cultura, do governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Em entrevista ao jornal O Globo o ator falou sobre o tema.

Par romântico de Fagundes em novelas como Vale Tudo, da Rede Globo, ele foi questionado sobre o cargo que Regina assumiria, e a fala de seu antecessor, Roberto Alvim, que citou um ministro nazista. “Tenho pena de artista que entra nessa jogada“, disse o ator. “Temos tanta coisa para fazer e o jogo sujo da política só pode trazer coisa ruim“, acredita.

“Torço para que a Regina não saia queimada”. Ele também fez críticas ao volume de verbas destinadas para a cultura no país. “O fato é que com dotação orçamentária de 0,6% ninguém consegue gerir um patrimônio cultural do tamanho do Brasil. Governo que destina essa quantia à Cultura não se interessa pelo Brasil. E esta, infelizmente, não é prerrogativa desse governo, acontece desde 1500”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s