Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Notas Etílicas Por Saulo Yassuda Dicas, novidades e observações do mundo dos bares e das bebidas

Seu Papa, aqui tem muita cachaça, mas o Brasil tem outra preferência etílica

De acordo com o Euromonitor, a bebida mais vendida no país em 2020 foi a cerveja. Pontífice afirmou que brasileiros tomam muito o destilado e não rezam

Por Saulo Yassuda Atualizado em 27 Maio 2021, 12h06 - Publicado em 26 Maio 2021, 20h01

O Papa Francisco disse nesta quarta (26), no Vaticano, que os brasileiros “não têm salvação. É muita cachaça e nenhuma oração”. Quem sou eu para discordar do pontífice? Só queria lembrá-lo, porém, que o país tem outra bebida predileta. Ainda que a pinga seja nosso patrimônio maior, a cerveja é a queridinha.

E não sou eu quem está afirmando. São os números. No ano passado, cerveja foi em disparada a bebida alcoólica com maior volume de vendas em território nacional: 13,3 bilhões de litros. É seguida, aí sim, pela cachaça, com 398,8 milhões de litros, um valor muuuito aquém. O vinho vem sem seguida, com 380 milhões de litros. Os dados são da Euromonitor International, que apontou o maior montante de cerveja comercializada por aqui desde quando sediamos a Copa do Mundo, em 2014.

Papa Francisco acenando
Papa Francisco: “muita cachaça” Getty Images/Reprodução

A fala do Papa Francisco viralizou em um vídeo nas redes sociais. Tudo rolou quando o padre brasileiro João Paulo Souto Vitor, que está em Roma para um mestrado, acabou topando com o líder católico nesta quarta (26) e pediu a bênção a nós, seus conterrâneos. A resposta do papa, em tom de brincadeira, foi a pérola (divertidíssima, confesso).

Continua após a publicidade

O resultado das pesquisas não é surpresa alguma. A cerveja, principalmente a amarelinha que tomamos em qualquer boteco, é leve, refrescante, com alta drinkability. Isso significa que você consegue tomar bastaaante, afinal, o teor alcoólico, em geral, é baixo, em torno de 5%. Já a cachaça costuma ter por volta de 40% de teor alcoólico. É, como diz o apelido, marvada mesmo.

Se é bom tomar cerveja com moderação, cachaça ainda mais. Será que o papa gosta de uma dose? E de caipirinha?

Assine a Vejinha a partir de 8,90 mensais

Valeu pela visita! Tem alguma novidade para me enviar? Meu e-mail é saulo.yassuda@abril.com.br

Também estou no Instagram: @sauloyassuda

E, olha só, voltei ao Twitter: @sauloy

  • Continua após a publicidade
    Publicidade